terça-feira, 23 de abril de 2013

Condeixa-a-Nova, um passado com História.


Condeixa-a-Nova situa-se na Região Centro, a 15 quilómetros de Coimbra. Os cerca de cinco mil habitantes caracterizam esta vila com toda a sua vivacidade. É conhecida devido à sua parte histórica como as Ruinas de Conímbriga, o Palácio Sotto Mayor entre outros marcos históricos.



Ruinas de Conímbriga
Conímbriga situa-se na via que ia de Olisipo, actual Lisboa, a Augusta, actual Braga. Foi ocupada pelos romanos durante as campanhas de Décimo Junio Bruto, em 139 a.C.. No reinado do imperador César Augusto século I, foram construídas, na cidade Romana, o Fórum e as termas públicas.

Ilustração 1 - Ruinas de Conímbriga




A Praça
O antigo Terreiro da vila, passou a ser chamado de Praça da República após a sua fundação.
A Praça era e, continua a ser, sempre o local mais importante da vila. Realizava-se o mercado bissemanal, acontecimento que durou até à década de 1980.

Ilustração 2 - Praça



A Igreja Matriz
Igreja de estilo manuelino, mas, acaba por abranger vários estilos. Datada do século XVI, destacam-se, na Igreja Matriz, os elementos renascentistas das capelas laterais, a pia baptismal e o túmulo de D. João Franco de Oliveira. 



Ilustração 3 - Igreja Matriz



Palácio Sotto Mayor
Construção de plano setecentista, mostra uma fachada ladeada por dois torreões quadrados, complementados por telhados piramidais.
Tem uma capela, dedicada a Nossa Senhora da Piedade.
Durante os séculos XVIII, XIX e XX, o palácio alojou algumas das mais importantes figuras do país, como D. João VI, D. Miguel I, D. Maria II, D. Pedro V, o Rei D. Carlos e o escritor Alexandre Herculano.


Ilustração 4 - Palácio Sotto Mayor




Rádio Regional do Centro
A Rádio iniciou a sua atividade em Maio de 1990, no seguimento do processo de legalização das rádios locais. Apostou numa matriz popular e de proximidade, o que lhe conquistou audiências e o apoio da comunidade. Os primeiros estúdios localizaram-se na Avenida Visconde de Alverca, no centro da vila de Condeixa-a-Nova. Cerca de três anos depois do começo das emissões, inaugurou novas instalações, construídas de raiz para o efeito, na Quinta Nova, a caminho das Ruínas de Conímbriga.

Ilustração 5 - Rádio Regional do Centro





Soraia Pinheiro





Sem comentários:

Enviar um comentário