terça-feira, 16 de novembro de 2010

Notícia - Dois mil vão à luta

Um ano depois os estudantes de Coimbra deslocam-se a Lisboa para voltarem manifestar o seu descontentamento face ao corte de verbas para o ensino superior, nomeadamente nas bolsas de estudo.

A Associação Académica de Coimbra (AAC), assim como outras Associações de Ensino Superior, marcaram para amanhã, dia 17, um regresso a Lisboa. Os estudantes pretendem assim mostrar o seu descontentamento face às últimas medidas tomadas pelo actual governo em relação ao Ensino Superior, nomeadamente contra os cortes na atribuição de bolsas de estudo.
Quanto ao número de estudantes previstos para a manifestação, o presidente da DG/AAC diz que “nesta altura estamos a fazer o balanço, a recolher todas as informações junto dos núcleos de estudantes, mas ainda não temos informações muito concretas, contudo de certeza perto de 2000 estudantes vão.”

No que respeita a faltas, a DG/AAC diz ter falado com os directores das faculdades e com a reitoria da Universidade de Coimbra (UC) para que as avaliações marcadas para esse dia possam ser adiadas e as faltas às aulas justificadas.

A partida de Coimbra está prevista para as 10h00 do dia, com autocarros a sair dos pólos I, II e III. O transporte será gratuito para todos os estudantes que se queiram juntar à causa.

Manifestação na Assembleia da República

Depois da chegada a Lisboa os estudantes marcham até à Assembleia da República (AR), com concentração prevista para as 16h30. Lá, os representantes das Associações Estudantis esperam ser recebidos por vários grupos parlamentares e pelo Presidente da Assembleia.

Para sensibilizar os estudantes para esta manifestação a AAC tem apostado no contacto directo com os estudantes, deslocando-se às várias faculdades com os tradicionais cartazes e faixas, mas também tem utilizado o correio electrónico e as redes sociais como fonte de divulgação.

Por: Ana Sofia Rodrigues
 

Sem comentários:

Enviar um comentário