terça-feira, 30 de novembro de 2010

World of Warcraft arrasta milhões para o “cataclismo”

Depois de duas expansões a Blizzard lança a Cataclysm a 7 de Dezembro.

World of Warcraft é o MMORPG (massively multiplayer online role-playing game) mais jogado em todo o mundo, WoW como é conhecido, já conta com mais de 12 milhões de jogadores espalhados por todo o planeta, um jogo líder de mercado apesar dos resultados trágicos na china, onde uma rapariga morreu com um problema de saúde após jogar vários dias consecutivos WoW, sem o descanso e alimentação necessária.

Viver neste mundo do fantástico tem um preço, em Portugal o jogo base com expansões custa 20€ e os jogadores pagam 12.99€ mensalmente para conseguir aceder aos servidores da Blizzard.

O jogo consiste na exploração de um novo mundo, através de personagens virtuais o jogador tem a oportunidade de se juntar a uma equipa mais conhecida por guild, este jogo funciona como uma comunidade, onde juntos podem conquistar e derrotar os “maus”, ganhando com isso reconhecimento no servidor onde jogam e até mundialmente para os melhores e mais rápidos a terminar o conteúdo do jogo. As melhores guilds mundiais têm a oportunidade de serem patrocinados por marcas associadas a tecnologias.

O jogo “base” saiu em 2001 a primeira expansão The Burning Crusade em 2007 e a actual Wrath of the Lich King em Novembro de 2008, todas estas expansões trouxeram ao jogo novos continentes, objectos, equipamentos e classes tudo isto necessário para completar a história já desenvolvida com base no primeiro jogo do género  Warcraft: Orcs & Humans que saiu em 1994.

No dia 7 de Dezembro vai ser lançada uma nova expansão, a Cataclysm, onde o continente mais antigo do mundo do WoW vai ser destruído pela Deathwing the Destroyer, um dragão adormecido no subsolo e quando é acordado causa o cataclismo total, e altera completamente o aspecto do continente.


                                                                                                                   Vítor Frade

Video de apresentação da nova expansão:



Sem comentários:

Enviar um comentário