quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Entrevista a Tiago Paiva, violinista, dj, compositor, produtor e actor

 
 Tiago Paiva nasceu há 21 anos no Porto, mas vive actualmente em Lisboa. Iniciou-se no mundo da música aos 7 anos começando pela formação musical classe de conjunto e aulas de violino, neste momento é também violinista, dj, compositor, produtor e actor.



Quando é que decidiste ser músico?
    Decidi ser músico e dedicar-me 100 por cento á música quando percebi que era este o trabalho que sempre quis ter. Mas isso só aconteceu quando comecei a ter a minha independência económica e a receber dinheiro através da música. Aí percebi que é isto que quero. Fazer algo que adoro e ainda sou pago.

O que é necessário para se ser violinista profissional?
É necessário muito treino e dedicação

É difícil ser músico em Portugal?
    È muito difícil ser músico em Portugal e viver apenas da música porque vivemos num país pequeno e a procura não é muita, além disso temos vários bons músicos mas não há lugar para todos

Já tocaste em orquestras?
     Nunca toquei em orquestras. Não é o género de música que mais me atraí. Prefiro outro tipo de projectos.

Qual foi para ti o melhor local onde actuaste? E o melhor público?
     Tive vários sítios onde gostei muito. Mas claro que os que gosto mais são aqueles em que o publico delira e entra em contacto comigo e acaba também por fazer parte da performance e não ser só eu a actuar, mas sim eu e o publico

Quanto tempo demora a preparação de um concerto
   Um concerto pode demorar imenso tempo ou apenas uns dias a preparar. Depende da criatividade do mesmo e também do propósito.


Em Portugal, os músicos são bem pagos?
     Não, em Portugal os músicos não são bem pagos. No meu caso é diferente porque actuações em discotecas são relativamente mais bem pagas. Mas no geral não. Um músico não é visto como um profissional mas sim como uma pessoa que tem um hobbie, esta é a visão geral dos portugueses

Qual é a melhor idade para se iniciar na música?
     A melhor idade é o mais cedo possível, não apenas na música mas em tudo. Quanto mais cedo se começas melhor serás.

       Que projectos tens para o futuro?
       Para além de fazer performances de violino e dj em discotecas sou compositor, produtor e actor.
    Para a semana que vem vou estar a gravar uma curta metragem que se chama ADEUS sou a personagem principal e vou contracenar com a Laura Galvão. Vou ser o compositor da banda sonora da curta. Por volta de Março vou lançar uma música original com o nome MY DREAMS com a voz da Susana Jordão (Rute dos Morangos com Açucar do ano passado). Para além de tudo isto tenho um projecto Rock em mente, mas para já está parado. Concorri ao programa da SIC “portugal tem talento”, passei o primeiro casting e estou neste momento à espera se fico nos 40 primeiros para entrar nas galas em directo.

       Tens alguma mensagem a passar aos mais indecisos?
       Não tenham medo de arriscar. É preciso ter paciência, mas com vontade consegue-se tudo!


Por: Ana Rute Monteiro

Sem comentários:

Enviar um comentário