domingo, 16 de janeiro de 2011

Protestos no jogo Académica-Benfica

Os concelhos Miranda do Corvo e Lousã unem-se hoje, mais uma vez, em protesto relativamente à paragem das obras do Metro Mondego. O palco é o Estádio Cidade de Coimbra onde se realiza esta noite o jogo Académica-Benfica.
            Manifestos em reivindicação de uma ligação sobre carris entre Serpins e Coimbra vão ecoar hoje durante o jogo que realiza em Coimbra. Alguns dos utilizadores do Ramal da Lousã vão aproveitar a oportunidade para exibir faixas, cartazes e músicas em sinal de protesto.
Quem também se vai aliar a esta causa são os jogadores da casa, que entrarão em campo com camisolas alusivas ao projecto e jogarão com braçadeiras brancas como forma de solidariedade.
O Metro Mondego tem em vista substituir as antigas carruagens pela inovação e modernização do metro, que englobam os concelhos da Lousã, Miranda do Corvo e Coimbra. Depois de arrancar os carris e pôr as pessoas a viajar de autocarro, o Governo diz que não há verbas para a exequibilidade do projecto.
O historial de contestações inclui uma marcha lenta na autoestrada A1, entre Condeixa e Fátima, com mais de 150 carros a participarem e uma manifestação com cerca de mil pessoas na Assembleia da República e perto da residência oficial do primeiro-ministro. Para a próxima semana, quinta-feira, está agendada uma reunião com vista a debater a paragem das obras do Ramal da Lousã.
Joana Santos – Grupo 2

Sem comentários:

Enviar um comentário