quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

PIRATAS-PETROLEIRO ITALIANO SEQUESTRADO

O petroleiro MV SAVINA CAYLIN foi sequestrado ao largo da Somália . Até agora foram desviados 30 navio e detidas 700 pessoas



Durante a madrugada de oito de Fevereiro, o petroleiro de porte médio MV SAVINA CAYLIN foi sequestrado por cinco alegados piratas, aproximadamente a 670 milhas náuticas a leste da ilha de Socotra, no Golfo de Aden, Oceano Índico.
O navio foi abordado a partir de um pequeno bote, dispararam tiros de armas ligeiras e quatro granadas com um lança-rokets.
O navio, proveniente do Sudão, estava de passagem para Pasir Gudang (Malásia). As comunicações foram cortadas após a abordagem e não havia qualquer informação relativa à condição dos 22 tripulantes: cinco italianos e 17 indianos.
Com este sequestro o número de navios detidos por piratas naquela região ascende a 30 e o número de tripulantes constituídos reféns ultrapassa os 700.
O MV SAVINA CAYLIN pertence a um armador italiano, navega com bandeira daquele país e tem um peso bruto de 104.255 toneladas.
A missão militar da União Europeia naquela região, EU NAVFOR ATALANTA,  está a monitorizar a situação.
Ao final da manhã, um porta-voz da marinha italiana informou a Reuters que nenhum dos tripulantes havia sido ferido durante o ataque.


Fontes:  EU NAVFOR Press release
                                                                   Reuters   


Trabalho elaborado por: Cidália Casal

Sem comentários:

Enviar um comentário