sábado, 22 de outubro de 2011

Artigo de Opinião: consequências da falta de prática de desporto



Nos dias que correm, as pessoas têm tido uma vida muito agita, as suas rotinas são muito apertadas, de tal maneira que não têm tempo para a prática de desporto. Por outro lado existem pessaoas que mesmo tendo tempo livre, preferem fazer outras coisas. Esquecem-se que com a falta de exercício fisico diminui a nossa capacidade vital (por exemplo, capacidade de respiração profunda), dificulta o bom funcionamento do sistema cardiovascular. Com pouco esforço, fica-se rapidamente cansado podendo tornar-se difícil caminhar ou fazer as tarefas do dia-a-dia. Para além destes problemas, a falta de exercício físico tem como consequência a obesidade, a depressão e o envelhecimento prematuro. O que quer dizer que, influencia directamente na nossa saúde.

É muito importante que a pessaoa ao deparar-se com estes problemas, procurem ajuda médica, para poder ter um acompanhamento adequado.

O exercício permite manter a força muscular, tornando possível caminhar sem fadiga, levantar pequenos pesos e respirar sem esforço.
O exercício pode aumentar a força muscular, a coordenação motora e o desempenho cardiovascular.
A falta de exercício é perigosa e prejudicial à saúde. Alguns fisiologistas compararam mesmo o corpo a uma máquina que precisa de combustível para funcionar, óleo para a lubrificação, aquecimento para o motor e constantes cuidados de manutenção. Se não for utilizada, pode “enferrujar”.

Para a prática de desporto é necessário tomar algumas precauções, nomeadamente, consultar o médico, para ter a certeza que se está apto, como disse anteriormente; É importante não fazer exercíco físico imediatamente a seguir às refeições; Temos que respeitar os nossos limites, com isto, quero dizer que devemos fazer o exercício à nossa medida.
Melhore a sua qualidade de vida, pratique desporto.


                                                                                                     Por Elma Magaia R1









Sem comentários:

Enviar um comentário