domingo, 16 de dezembro de 2012

Olá Casa da Esquina!



Criada em dois mil e oito a Casa da Esquina surgiu porque os seus fundadores, mais ou menos quatro pessoas, tiveram a necessidade de arranjar um local onde pudessem fazer um pouco de tudo, ou seja, queriam um sítio que não fosse só uma companhia de teatro, um grupo de fotografia, ou uma galeria de exposições, mas que englobasse tudo isto e muito mais. Por isso quando surgiu a oportunidade de ficarem com a casa, à qual deram o nome “Casa da Esquina”, não hesitaram e abraçaram o projeto.

Atualmente esta casa engloba vários projetos são eles: o portefólio onde se realizam por exemplo workshops na área da fotografia; o xDA um grupo de arte digital; o café-costura que engloba um clube de crochet e tricot que funciona todos os terceiros sábados de cada mês; aulas de pintura; iniciativas a nível de economia e um mercado de trocas que funciona várias vezes por ano. Tendo também iniciativas pontuais como peças de teatro, a última foi “Senti um vazio”, exposições, leituras e vários workshops.

Para o futuro estão a tentar criar novos projetos. Mas nos tempos que correm tem de se ser realista, pois o orçamento é reduzido.

Esta semana na “Casa da Esquina” está a decorrer um “Supermaket” onde se pode comprar, peças de roupa em segunda mão e vintage, calçado, livros, peças de autor, entre outros a preços acessíveis.

Em seguida deixamos algumas fotografias do “Supermarket” e do café-costura da “Casa da Esquina”.

por: Soraia Pinheiro e Cristiana Peres

*Este artigo está escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico   

Casa da Esquina
Espaço Café-Costura
Material usado nas formações
Máquinas de costura
Tecidos, agulhas e outros materiais utilizados
no café-costura
Bolsa feita em origami
 Blocos de notas feitos à mão
Produtos naturais feitos à base de mel de abelha,
aguardente entre muitos outros
Apresentação de várias peças de autores
Peças em segunda mão
DVD's para venda
Mais peças de roupa em segunda mão
Calçado em segunda mão, para venda
Acessórios para venda ao público
 

Sem comentários:

Enviar um comentário