terça-feira, 17 de novembro de 2015

Aqui Base Tango, um espaço cosmopolita no centro da cidade de Coimbra

Sala "Bode"

             Situado na Rua Venâncio Rodrigues, adjacente à Praça da República, o wine bar, gin bar, sala de chá e sala de concertos Aqui Base Tango proporciona aos seus clientes uma experiência única não só pela diferente decoração e música alternativa, mas pelo ambiente acolhedor e descontraído que se vive nesta casa, outrora usada como esquadra da Polícia de Segurança Pública.

            O nome surgiu precisamente do facto do espaço ter sido um antigo destacamento da divisão de trânsito da PSP e “Aqui Base Tango” é um código do alfabeto fonético militar que significa “sinal de chamada terrestre”.

Bar

       A ideia de criação deste bar partiu dos proprietários Susana e André, dois arquitetos que ambicionavam aplicar a sua criatividade num projeto assim, que marcasse pela diferença, algo para quem não se identifica com a influência mais comercial. Apesar disso, este é um espaço tão singular que não permite que ninguém lhe fique indiferente e geralmente quem o visita pela primeira vez, tem necessidade de voltar e cada vez que se volta, há um elemento novo a descobrir.

Sala "Nuvens"
Para além de ser literalmente uma casa, algo pouco comum na generalidade dos bares, este edifício de três pisos está decorado de uma forma ímpar, em que elementos vintage se misturam com peças urbanas, onde quem frequenta o espaço tanto pode encontrar cadeiras, poltronas e mesas antigas daquelas que alguns já só encontram em casa dos avós, como um candeeiro feito de legos ou uma pintura futurista. Existe até uma sala onde podemos encontrar uma árvore onde habita um “pássaro” eléctrico, que com uma pequena pancada na árvore o pássaro começa a chilrear enchendo a sala de uma melodia levemente agradável. 

Candeeiro de Legos

         Outro fator que torna este bar um espaço diferente é o facto de só aceitar bandas de originais para as suas noites de música ao vivo pois segundo um colaborador, Romeu Monteiro, é preciso “dar uma oportunidade a quem geralmente não a tem”, fazendo com que os visitantes do espaço possam assistir a um concerto algo imprevisível e possam ficar a conhecer o trabalho de uma nova banda ou rever algo que já conhecem e gostam. “Queremos dar oportunidade às bandas de originais de mostrarem o seu trabalho ao público, o que é difícil pois quando uma banda dessas deseja atuar num espaço ao vivo terá geralmente de passar por algumas exigências. Nós não aceitamos mesmo bandas de covers, mas se a banda se apresentar como uma banda de originais nós nem questionamos, basta termos uma data disponível”, explica Romeu e quando questionado acerca da sua motivação enquanto funcionário deste bar afirma “O que me fascina mais é o ambiente aconchegante e familiar, sinto-me em casa”.
“A minha sala predileta é a dos matrecos” diz um cliente, mostrando que outro dos fatores que atraem público a este espaço é a diversidade de jogos, onde para além da própria sala de jogos do primeiro piso composta por uma mesa de matraquilhos, uma máquina de setas “vintage” e uma parede de giz onde toda a gente pode deixar a sua marca, há ainda no segundo piso uma sala dedicada ao ping-pong.

Sala de Jogos
Podemos encontrar a agenda deste espaço no Facebook. O local não se esforça mais para a divulgação do bar para evitar a saturação do espaço visto que a casa não consegue acolher um grande número de pessoas: “Se pudéssemos, claro que queríamos ter cá toda a gente, mas queremos que as pessoas possam estar confortáveis, porque ninguém se quer sentir apertado tipo “lata de sardinha”, ou querer ir à casa de banho ou pedir mais uma bebida e não conseguir passar por os corredores estarem cheios e isso é uma situação desagradável, ainda mais num espaço destes onde as pessoas querem estar mais descontraídas, mais à vontade”, esclarece Romeu. Mesmo sem esta divulgação a casa encontra-se maioritariamente cheia, só com as pessoas que conhecem o espaço. Para além do Facebook, os frequentadores do espaço levam amigos e passam a palavra fazendo crescer o público, um público constituído não só por jovens mas por pessoas de todas as idades.
A nível de localização o espaço funciona por estar perto da Praça da República, sendo que as pessoas que estão na Praça acabam sempre por passar pela casa de forma a começar a noite antes de ir para um sítio com um ambiente mais pesado ou até mesmo passar a noite no local, assistindo a um concerto ou dançando ao som de um Dj de “drum n’ bass”. Porém, tanto a localização, o ambiente do espaço e o gosto pessoal de cada um são os motivos que trazem as pessoas ao local, e são as pessoas que fazem aquilo que o local é hoje um espaço com uma enorme dinâmica e fora do normal. “Aconselharia sem dúvida este lugar, aos meus amigos e familíares que não o conhecem” diz uma das clientes que frequenta este espaço com bastante regularidade, e um outro comenta “Já estamos “fartos” de trazer pessoas cá, e o feedback é sempre muito bom daqueles que convidamos!”
            O Aqui Base Tango é um local onde podemos passar a noite a dançar ou simplesmente ficar na sala da árvore ouvindo o chilrear do pássaro mecânico, ou então apenas a jogar com os amigos numa das máquinas disponíveis, um espaço de visita obrigatória não só para quem habita a cidade de Coimbra, mas também para quem está cá de passagem.  

Grupo 7
Frederica Wilbraham
Roberto Quintas
SaraPestana


Sem comentários:

Enviar um comentário