domingo, 21 de maio de 2017

Santana FM, a jovem rádio madeirense



Imagem da Santana FM


A Santana FM é a rádio mais nova da ilha da Madeira e das mais novas em Portugal com apenas 15 anos de existência. É uma rádio que apesar de ser difundida no concelho de Santana, no online consegue chegar a outros cantos do mundo. É uma pequena rádio local que tem como diretor Miguel Guarda, um profissional de rádio há 29 anos, com passagens por várias rádios da Ilha da Madeira e ainda pelo Jornal da Madeira, Tribuna da Madeira e Sport TV, tendo também sido cronista no Diário de Notícias.



Qual a função que de momento desempenha na rádio?
Sou o diretor da Santana FM e da ARIC (Associação Rádios de Inspiração Cristã), Membro da Comissão da Carteira Profissional de Jornalistas e atualmente colaboro, pontualmente, com a RTP-M como comentador no programa “Dossier de Imprensa”.

Quem fundou e quando foi fundada a rádio?
A Santana FM é das rádios mais novas em Portugal e a mais nova de todas as rádios madeirenses. Foi fundada a 4 de maio de 2002, pelo Dr. Manuel Pedro de Freitas, na sequência de um concurso de atribuição de frequências.

Sendo uma rádio local, quais as dificuldades que encontra?
Devido à orografia da Região Autónoma da Madeira é difícil a cobertura através da frequência modulada. O facto de haver muitos túneis, não cobertos por FM, é também uma adversidade. Fazendo parte de uma cidade com poucos habitantes e que está a ser desertificada, são poucas as empresas que apostam na publicidade. Sendo, esta, a principal fonte de receita, torna-se difícil manter a rádio do ponto de vista económico.

Quais os colaboradores que têm e quais as funções que desempenham?
A Rádio dispõe de um jornalista e dois locutores.

Em que tipo de programas investe?
A aposta passa pelo programa da manhã, a informação local e música, mas também em programas em direto das diversas localidades, do concelho onde estamos inseridos. É uma forma de estabelecer uma ligação com os seus ouvintes e ainda fazendo concursos ou passatempos quando os nossos clientes assim entendem.

Qual é o público alvo da rádio?
É vista como uma rádio para todos, apesar de ser virada mais para um público adulto, acima dos 30 anos, mas a sua programação também não esquece os mais jovens.

Quantas audiências têm em média num dia?
Não é fácil apurar esse número, mas apostamos também no online e aí temos acima dos 1000 ouvintes diários.

Em que localidades é difundida?
A rádio é difundida apenas em Santana, mas no online, onde está a maior parte dos ouvintes, as emissões também chegam a ser ouvidas pelos emigrantes que se encontram espalhados pelo mundo, com maior presença na Venezuela, África do Sul e Inglaterra.

Que tipo de informação passam?
É uma rádio generalista que tem como objetivo levar à população do concelho notícias locais, regionais, nacionais e internacionais.

Quanto tempo dedicam à informação?

Fazemos 6 espaços de informação diários, em termos locais, mais alguns em termos nacionais e internacionais, tendo uma programação diferenciada durante os dias da semana, sábado e domingo.


Trabalho por:
Débora Gomes

Sem comentários:

Enviar um comentário