sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Coimbra no coração

Cidade de coimbra

 Esta vida de estudante universitário deslocado de casa tem muito que se lhe diga. Existem preocupações diárias que não fazem parte da vida de muitos estudantes, mas em Coimbra tudo é diferente. Há que pagar as contas da casa, lavar a roupa, fazer o as refeições, arrumar a casa, etc... Como se tudo fosse obrigações não teria a mesma piada, esta cidade vive de Repúblicas registadas como tal e as clandestinas. Casas de estudantes em que existem jantaradas, sempre um amigo de visita ou mesmo alguém que passa só para um café, é o mais habitual. O cenário pode ser:
Receita: 5 amigos que moram juntos, namorados e amigos coloridos, já são dez e os amigos em comum mais uns 5 ou 6.
 Bem feitas as contas são apenas 16 pessoas que partilham coisas, discutem, riem, choram, batem portas, gritam, bebem, saiem à noite e o caos de repente está instalado.
Por isso continuo a ter a teoria que Coimbra é a cidade em que se veêm tantas pessoas ou mais à noite do que de dia. E quem vive em Coimbra, de certeza que principalmente em Latadas e Queimas, já se perguntou pelo menos uma vez, esta cidade não está muito cheia??
 Conhecem-se pessoas de todo o lado, é uma mistura de culturas e de histórias de vida. Em Coimbra pode encontrar-se o melhor amigo de toda a vida, o grande amor, a grande paixão, a descoberta de um hobby ou mesmo um talento, a oportunidade de o desenvolver. Tudo é possivél nesta cidade nas margens do Mondego, com tradição alegria e uma história enraizada na nossa cultura portuguesa. Coimbra tem um rótulo, "A cidade dos estudantes", porque assim o é, apesar de ser também uma zona muito turistica e bem entendo. Quem não gostaria de passear pelas ruelas desta cidade? De descobrir recantos e miradouros com paisagens de encantar até o coração mais perdido.
"Segredos desta cidade, levo-os comigo para a vida", diz a balada da despedida, e diz bem, porque nesta cidade existem histórias cruzadas, segredos guardados, uma vida que muitos irão guardar na memória como os melhores anos da suas vidas.
 Só ainda não consigo concordar, com a frase "Coimbra tem mais encanto, na hora da despedida", porque acho que a cidade tem encanto quando se chega, enquanto se vive o dia-a-dia, quando se regressa de férias e se olha o mondego com o ar ternurento de quem não quer ir embora deste recanto.
 É uma das cidades mais bem organizadas que conheço em Portugal. Apesar de não ser a capital, nem cidades como o Porto ou mesmo Braga e Setúbal, Coimbra tem todas as esfrastruras que ás vezes nos queixamos sem nos darmos contas que temos muito mais do que em vários sítios. Uma boa rede de transportes que possibilita movermo-nos de um lado para o outra da cidade com muita facilidade. Concertos, Teatros, eventos que metem inveja a muitas cidades, consideradas "grandes cidades", uma variedade de espaços nocturnos incrivél, boa estrutura de saúde e principalmente a zona com mais universidades juntas no país.
 Coimbra é então uma cidade de muitos encantos que vive do comércio e dos estudantes, que inflacionam o comércio que dão vida à cidade, e que se formam em profissionais sem nunca esquecer a cidade que nos fica no coração.

Por: Patrícia Correia


Sem comentários:

Enviar um comentário