sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A influência do “Peso Pesado” na sociedade portuguesa

Todo o sucesso do programa “Peso Pesado” da Sic leva a que muitos jovens e adultos portugueses com problemas de obesidade adoptem os mesmos métodos para perder peso.

A adaptação do “Peso Pesado” para Portugal gerou grande mediatismo não só devido ao seu formato, mas essencialmente à preocupação que existe com a saúde pessoal e o bem-estar de cada um. O facto de existirem cada vez mais obesos em Portugal e de, ao mesmo tempo, ser dada maior importância à imagem fez com que o programa fosse uma grande aposta não só pelo sucesso que teve e continua a ter, mas particularmente pela influência que pode ter nas pessoas com este problema.

Contudo, as dificuldades são enormes. Resistir às tentações e não comer o que mais se gosta levando uma alimentação saudável e em menores quantidades e fazer exercício com uma regularidade muito maior e com um nível de intensidade muito elevado constituem grandes entraves aos concorrentes, que vão demonstrando uma grande força de vontade e espírito de sacrifício.
No entanto, o facto de tudo ser feito de uma forma natural e saudável leva a que muitos espectadores sigam certos métodos para também eles perderem peso. É o caso de Ricardo Santos que assegura que o programa lhe deu “uma espécie de um empurrão” para conseguir fazer uma alimentação saudável e uma prática desportiva mais regular.

“É muito importante este tipo de programas pois podem ajudar muita gente a cuidar de si e a resolver os seus problemas sem estar dentro deles. Muitos dos exercícios feitos lá já os consigo fazer em casa e, inclusive, já perdi peso seguindo os seus métodos”, afirma.
Deste modo, todo o sucesso do “Peso Pesado” não se limita aos elevados níveis de audiências, mas também a razões como estas em que a contribui para a saúde e uma melhor qualidade de vida dos portugueses.


Fábio Aguiar
Redacção 1

Sem comentários:

Enviar um comentário