sábado, 12 de novembro de 2011

Crónica: Poupar, para na Latada gastar!




No meio de uma crise económica será que alguém tem dinheiro para gastar em Festas académicas?? Esta pergunta torna-se crucial nos tempos que correm, apesar das dificuldades em que se vive  as “Queimas “ e “Latadas” continuam, e cada vez com preços mais elevados e que me muitos não podem pagar, por isso o melhor remédio é ficar em casa. Ficar em casa é a opção, mas não deveria, sabem porquê? Porque a festa é dos estudantes, e estes deveriam desfrutar dela, aproveitar a vida académica enquanto ainda é possivel, pois por este andar muitos nao a vão viver por muito mais tempo. 

 Os preços elevados dos bilhetes fazem com que muitos dos estudantes não os comprem ou só comprem se acharem que vale a pena e mesmo assim fazendo contas ao seu “orçamento”.  
Se estamos em crise e ao falarem tanto nela, porque nao adaptar as festas académicas  à situação que se vive?  Sim todos queremos um cartaz apelativo, é verdade, mas para quê um cartaz apelativo se nao vamos poder ir? Então cabe aos responsáveis a decisão de nao se deixarem iludir e fazer um trabalho a pensar nos estudantes e nos sacrificios a que estes estão sujeitos. Falar é fácil, é verdade, mas quem não reclamou dos preços da latada, quem não reclamou do cartaz?? 
Não podemos agradar a todos, mas podemos fazer com que a grande maioria dos estudantes se divirta e participe das “suas festas”, quer dizer os reponsáveis por estes eventos podem.
 Esperamos todos que o próximo cartaz seja um pouco mais em conta e que todos possamos  usufruir dessas “noites” sem pensar e sem contar o dinheiro que poderemos gastar, embora que isso possa ser dificil, tenhamos um pouco de esperança!   


                                                                                                        Por:Andreia Oliveira 
                                                                                                        R1

Sem comentários:

Enviar um comentário