sexta-feira, 4 de novembro de 2011

E para o ano há mais…


Terminou na passada Quarta-feira, dia 2 de Novembro mais uma «Festa das latas», de Coimbra, realizada anualmente.
            Mais conhecida simplesmente por «Latada», tem como finalidade dar as boas- vindas aos novos estudantes do Ensino superior da cidade, movimentando milhares de estudantes e demais pessoas do país (e não só). Foram oito dias de festa, emoção, convívio e muito espírito académico.
            O arranque deu-se no dia 26 de Outubro (Quarta-feira) com a tradicional Serenata, na Sé Velha, em que se cantaram músicas típicas da «cidade do Conhecimento» para dar as boas vindas aos caloiros. Muita emoção para os que se irão despedir no final deste ano lectivo e também para os «novatos» nesta nova fase da vida. Seguiu-se a segunda noite onde actuaram no recinto as Tunas académicas, o Grupo de fados da Academia de Coimbra e realizou-se também o Sarau Académico.
            E chegou a Sexta-feira, véspera de fim-de-semana, em que a lotação do recinto, como é natural, ficou perto de esgotar. A banda nortenha de Leça da Palmeira, «Expensive Soul» animou a noite de milhares de pessoas com a sua sonoridade, que vai desde o Hip-Hop/R&B, passando também pelo Soul e Reggae. Também os portuenses «Souls of  Fire»  ajudaram à festa.
            Contudo, Sábado era o dia mais esperado em termos musicais, com a visita dos britânicos «Kaiser Chiefs». A mediática banda de Leeds proporcionou um enorme espectáculo para milhares de pessoas que se deslocaram a Coimbra de vários pontos do país e do estrangeiro.
            No último dia de fim-de-semana, os estudantes e restante público puderam assistir ao concerto da banda portuguesa «Azeitonas», ao que se sucedeu no dia seguinte a mais um concerto bastante esperado, - o de Gabriel, O Pensador. O rapper brasileiro brindou a multidão com um concerto em que interpretou inúmeros temas de conhecimento geral, dado o mediatismo de um dos maiores músicos do país irmão.
            O momento mais emblemático desta semana chegou na terça-feira pela tarde. O desfile das latas levou um mar de gente às ruas de Coimbra, com os caloiros a passearem pintados, mascarados e com latas atadas aos pés na companhia dos demais «Doutores» e restante população, na qual se inclui família, amigos, conhecidos, desconhecidos… a festa foi rija até ao conhecido baptismo, em que padrinhos e madrinhas de faculdade baptizam os seus afilhados com água do rio Mondego. À noite, a festa, como é óbvio continuou. A presença já habitual do músico popular português Quim Barreiros não fugiu à regra e a animação perdurou noite dentro no recinto.
A última noite de «Latada», Quarta-feira, 2 de Novembro de 2011, ficou marcada por coincidir com o 124º aniversário da Associação Académica de Coimbra. No âmbito da ocasião, o músico Zé Perdigão levou o seu fado aos estudantes da cidade, tendo cantado também os parabéns à associação acompanhado no acordeão pelo conhecidíssimo José Cid, músico que subiu ao palco posteriormente para mais um espectáculo muito esperado pelos estudantes, o último desta edição do evento.
Lágrimas e emoção para quem se despede, alegria para quem começa, é assim a vida dos estudantes académicos da «cidade do Conhecimento», todos os anos com a «Latada». E para o ano há mais…
           















Xavier Gomes, R2
















Sem comentários:

Enviar um comentário