sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Foto-reportagem: "Décadas de música em rodelas plásticas"

Estávamos nos anos 50 e o disco de vinil começava a ganhar fama. Estes pedaços circulares de plástico viriam revolucionar a música e o modo de a apreciar.




O single play, conhecido apenas como single, com 17 cm de diâmetro, era lançado com o intuito de promover a banda e continha, por norma, duas faixas, divididas pelo Lado A e pelo Lado B do disco. Highway To Hell dos australianos AC/DC data de 1979 e conta, pela última vez, com a voz de Bon Scott, falecido um ano depois.


A par do single, era lançado, embora com menor frequência, o maxi single, com um diâmetro de 31 cm, podendo conter mais de duas faixas. Crazy Little Thing Called Love saiu em 1979 e, cinco anos depois, era lançado Radio Ga Ga. Tornaram-se dois dos maiores êxitos dos Queen, uma das maiores bandas britânicas da História.


A Night At The Opera havia sido lançado em 1975 e fora, até então, o álbum mais caro alguma vez gravado.


Foi daqui que saíram alguns dos maiores sucessos de referência dos Queen, incluíndo Bohemian Rhapsody, um misto de um delicado arranjo de piano, uma secção de ópera e um rasganço de hard rock. Um todo de uma mestria imensa.


O ano de 1986 foi particularmente especial para a banda no que toca às suas actuações ao vivo.



Live Magic compilava várias performances da tour europeia desse mesmo ano, a Magic Tour.


Embora só tenha sido lançado em 1992, o concerto no Estádio de Wembley, em Londres, tornou-se não só a actuação mais famosa da banda, mas também uma das mais emblemáticas do mundo da música até hoje, à escala global.


Este período ficou marcado pelos rumores que anunciavam a reforma da banda. Mercury esclareceu, durante o concerto, que a banda estaria junta até à morte.


Born in the U.S.A., o sétimo álbum de Bruce Springsteen, foi lançado em 1984 e é considerado um dos melhores de todos os tempos pela Rolling Stone.


O boné e os jeans tornaram-se uma das imagens de marca do "The Boss", como é conhecido.


Os Guns N' Roses lançam a sua obra de estreia, Apettite for Destruction, no ano de 1987, mas vêem a sua capa original ser censurada pelo seu teor considerado chocante.


A ilustração de Robert Williams sugeria a violação de uma mulher por parte de um robô prestes a ser aniquilado. A tiragem bastante limitada desta capa, que viria a ser substituída, torna as primeiras edições itens raros e de alto valor para coleccionadores.


Lançado em 1984, o álbum Powerslave, dos ingleses Iron Maiden, é considerado um dos melhores da banda a par de The Number of the Beast, lançado anteriormente.


A banda de punk rock, Ramones, edita End of the Century em 1980, produzido por Phil Spector, que já havia trabalhado com os Beatles.


O single Still Loving You, da autoria dos Scorpions, data de 1984 e é um dos maiores êxitos da banda alemã.


Still Loving You viria a ser incluído na compilação Gold Ballads, constituída por famosos temas dos Scorpions



Just One Night é um concerto de Eric Clapton gravado a Dezembro de 1979, em Tóquio, e foi editado no ano seguinte.


Os Eagles lançam o seu álbum de referência, Hotel California, no ano de 1976, que valeu à banda dois Grammy Awards.


De Hotel California saiu o single com o mesmo nome, o seu maior sucesso até à data.


A gravação do duo norte-americano Simon and Garfunkel, The Concert in Central Park, marcou a reunião da banda para um concerto grátis e ao vivo.


Nesta sua actuação, registou-se uma audiência de mais de meio milhão de pessoas.


Phil Collins lança ...But Seriously em 1989, que lhe valeu um Grammy pelo tema Another Day in Paradise.


Nikita, um grande êxito de Elton John, provém de Ice on Fire, o seu nono álbum de estúdio, gravado em 1985.


Em terras nacionais, o "pai do rock português" lança Rui Veloso, álbum com o seu nome, em 1986, de onde saem alguns dos seus maiores temas, como Porto Côvo e Cavaleiro Andante.


Quatro anos mais tarde, Mingos & Os Samurais torna-se outro grande marco da sua carreira.


Desde seu álbum duplo, popularizam-se, principalmente, Não Há Estrelas No Céu e A Paixão (Segundo Nicolau da Viola).


Ao Vivo, dos Xutos & Pontapés, foi gravado em Julho de 1988, no Pavilhão do Clube de Futebol "Os Belenenses".


Editado em triplo LP, é um dos itens mais raros e valiosos da banda.


Primeiro, vimos aparecer o disco de vinil. Seguiu-se a cassete e, anos depois, o CD, que se aliou ao mais recente DVD, permitindo-nos assistir aos concertos no conforto do nosso lar.

Hoje, ainda que nenhum dos formatos se encontre em completo desuso, vivemos na era digital. Quando antes nos era exigido um disco de grande porte e um caro aparelho que o pudesse ler, agora podemos ouvir e ver o que quisermos sem qualquer tipo de esforço nem custo. Mas o mais importante é lembrarmo-nos de que nem sempre foi assim.

Tiago Mota
Redacção 1

Sem comentários:

Enviar um comentário