sexta-feira, 18 de novembro de 2011

A festa da Taça

15 de Novembro de 1970. Foi exactamente nesta data que a Académica ganhou pela última vez o F.C Porto em casa, num jogo completamente infernal. O Porto cedo adiantou-se no marcador por 2-0, no entanto os estudantes nunca baixaram os braços consumando a reviravolta depois do intervalo por 3-2.

Pedro Emanuel, técnico da Académica nunca escondeu a sua ligação ao F.C. Porto mas através do seu profissionalismo e bons resultados caiu nas boas graças dos adeptos. Na antevisão do jogo deste sábado às 20:15 o timoneiro da Briosa insiste que quer “uma Académica forte a jogar em casa, consistente, e a assumir o que é a sua vontade em termos de jogos caseiros.” Termina a conferência de imprensa de forma acutilante respondendo da seguinte maneira: “ Respeito sim, medo nunca.”

Em declarações aos repórteres na bilheteira do Estádio são esperados cerca de “ 5 mil adeptos do F.C. Porto no jogo. Até costumam ser mais, no entanto como é um jogo da Taça e devido ao contexto de crise, os adeptos andam mais comedidos nos gastos dos bilhetes. O grosso dos bilhetes irá ser vendido  amanhã no dia do jogo. A boa época que a Académica está a protagonizar irá certamente galvanizar os adeptos a virem ao estádio.”

A Federação Portuguesa de Futebol até ao momento ainda não disponibilizou a equipa de arbitragem para o encontro.

Onze provável da Académica:

Peiser( Guarda-Redes)

Cedric(Defesa)                  Berger(Defesa)              João Real(Defesa)             Hélder Cabral (Defesa)

Adrien(Médio)
                      Hugo Morais(Médio)                                          Habib(Médio)


Diogo Valente (Avançado)                          Éder(Avançado)                         Marinho(Avançado)



Tiago Ferreira
Pedro Rafael Tomás
Redacção 1

Sem comentários:

Enviar um comentário