domingo, 25 de dezembro de 2011

Religião na Televisão

Fundada a 1953, a Rede Record, canal generalista brasileiro, é a mais antiga emissora televisiva do país. «TV Record. 500 quilômetros a frente. Canal 7» foi o slogan que muitos ouviram quando este canal abriu sinal para todo o país. Paulistana de coração e generalista desde que nasceu, brinda todos os brasileiros, e agora, todo o mundo, com programas de entretenimento, informação e... religião. Mas esse mais recente capitulo deste canal só chega a 1989. 
Hoje é considerada a segunda televisão com mais audiência a nível nacional e internacional.
Presente em África, Ásia e Europa, a Record é sem dúvida um grande monopólio de poder que facturou em 2010 cerca de 2.7 biliões de reais a mais que em 2009.

Fundada por Paulo Machado de Carvalho, e comprada a 1989, pelo Bispo Macedo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURDE), deixou muitos de boca aberta até hoje. Esta polémica compra foi dividida por dois nomes, onde o Bispo detém 90% do capital, e a  sua mulher os outros 10%.
A Rede Record manteve assim toda a programação e esta até foi estudada de modo a chegar a mais pessoas para gerar ainda mais lucro. Foi também com esta compra que a Rede Record consolidou a sua posição de concorrente número 1 da tão famosa Rede Globo.

Catedral Mundial da Fé da Igreja Universal
do Reino de Deus no Rio de Janeiro
Contudo, vários processos são movidos contra esta Igreja. Durante 32 anos de existência desta, ela sempre rejeitou todas as suspeitas de corrupção, mas elas nunca desapareceram e suspeita-se que estarão para sempre ligadas a esta instituição, onde o Ministério Público de São Paulo acusa até hoje, o fundador, Bispo Edir Macedo, e outros nove membros, de associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Processos à parte onde o Bispo foi acusado de fraude, este prometeu não ter influência directa no canal, no entanto, quem liga hoje neste canal, a partir da meia-noite vemos o dedo "religioso". Homens a atender chamadas de pessoas à procura de salvação, de ajuda e de perdão. 
Todos sabemos hoje o dinheiro que gira à volta desta Igreja; uma Igreja que está presente em mais de 200 países e leva milhares de fieis a esgotar estádios de futebol ou pavilhões enormes, que só ficam cheios em dias onde grandes nomes da música lá actuam. Porém, toda esta  salvação e toda esta cura que a IURDE promete está à disposição de todos, mas mais ainda, à distância de uma "pequena" oferta monetária.

Ricos e pobres seguem esta igreja, mas fiéis desta ou de outros credos, continuam a ligar a televisão neste canal. E esse crédito não podes tirar a um canal que promete informação actualizada e de todos os cantos do mundo, a possibilidade de canais internacionais e programas de entretenimento a toda a hora.

Vanessa Sofia, R2

Sem comentários:

Enviar um comentário