quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Luta Coimbricense pela cultura


                No passado dia 29 de Setembro, os artistas saíram às ruas de Coimbra em forma de protesto pela percentagem de 0,1% atualmente despendida no Orçamento de Estado em prol da cultura.

                Durante todo o sábado, dia 29, realizaram-se, pelas ruas das cidades,atuações e performances de vários dançarinos, músicos e atores, para promover e lutar a favor do desenvolvimento e apoio da cultura em Portugal. Os voluntários responsáveis pela organização do “Manifesto em Defesa da Cultura” fizeram circular um abaixo-assinado para que os populares que iam assistindo fossem contribuindo com a sua assinatura. Abaixo-assinado que tinha como objetivo o aumento da percentagem investida na cultura pelo Estado de 0,1 % para 1%, sendo que a actual é insuficiente para o desenvolvimento da cultura em Portugal.

                Este protesto também teve como meta a luta contra as recentes medidas de austeridade efectuadas pelo Governo e pela Troika, que para além da Cultura tem levado muitos outros sectores perto da ruína.

                O movimento passou por vários locais da cidade, como a Baixa, Praça da República, Museu da Ciência, Sé Velha, Oficina Municipal de Teatro e no Pátio da Inquisição, onde se realizou a festa de encerramento. Ao final do dia, a iniciativa foi considerada um sucesso onde a população aderiu e mostrou o seu apoio face a este manifesto.

por: Eduardo Carvalho e João Rodrigues
 
 

Sem comentários:

Enviar um comentário