terça-feira, 21 de outubro de 2014

A vida de uma universitária de Coimbra

Coimbra é uma cidade historicamente universitária devido à Universidade (fundada em 1920), sendo esta uma das principais escolhas dos alunos para ingressarem para o Ensino Superior. Coimbra é chamada de a “cidade dos estudantes”, onde se situa a mais antiga e maior associação de estudantes do país, a Associação Académica de Coimbra. Para além da Universidade de Coimbra, constituída por oito faculdades, existem outros institutos de Ensino Superior Público. Coimbra, como cidade universitária, desperta a importância de existir a visão de um estudante acerca do que é a cidade e a vida académica. Deste modo, a entrevista é realizada a Andreia Filipa, estudante da Universidade de Coimbra do curso de bioquímica.

Como é ser estudante de Coimbra?
- Na minha opinião, Coimbra é a verdadeira cidade dos estudantes, é uma cidade carregada de espírito académico. Ser estudante de Coimbra é um orgulho, é um modo de vida fantástico.


O que mais te fascina na vida de estudante?
- A sensação de que podemos ser tudo (risos). Talvez o facto de sentir que posso ser livre mas que tenho de ser responsável ao mesmo tempo, pois agora só eu posso dar tudo por mim.


Porque é que achas que, por vezes, os estudantes são muito criticados?
- Os estudantes exageram mas as pessoas também dramatizam bastante. Sei que existem abusos da nossa parte mas não é caso para fazerem de nós monstros. Até porque nós também fazemos Coimbra, esta é a cidade dos estudantes. Porém, compreendo as críticas que possam surgir devido ao facto de muitos estudantes não perceberem o que é a tradição e se tornarem abusivos naquilo que fazem.

Existe muita controvérsia em relação à praxe. Achas que a praxe contribuiu ou não para a vida de um estudante?
- Contribuiu muito, até porque um bom estudante tem de passar pela praxe, só assim irá sentir o grande amor à capa e batina. Sim, existe praxes abusivas mas quando não é o caso acho errado criticarem, até porque muitas vezes são pessoas que nunca frequentaram atividades praxísticas.


Que aspetos mudavas na vida de estudante?
- Acho que cada um deve viver à sua maneira, a 100% mas, por vezes, os estudantes acabam por se “perder” um pouco. Um estudante deve fazer de tudo durante o seu período académico, incluindo completar o curso e não se descurar desse grande facto. As pessoas esquecem-se que isto é uma fase das nossas vidas e, como todas as fases esta também passa. Há tempo para tudo, tanto para a diversão como para o estudo. Sempre fui apologista disso.


Sendo tu estudante da Universidade de Coimbra, como encaras os politécnicos?
- Não tenho nada contra, mas acho que se discriminam e se excluem a si próprios. Não são nem mais nem menos que nós e, por isso, deveriam ser mais ativos mas também devia haver cooperação entre ambas as partes.


Neste momento vive-se um ambiente de festa em Coimbra. O que é para ti a festa das latas?
- A latada é um momento do ano em que se sente orgulho em nós próprios, principalmente, pelos nossos afilhados que nos fazem sentir que temos feito um bom trabalho. Apesar de durante a latada haver aulas, acho que ninguém deve deixar de viver esta altura do ano ao máximo. É uma festa feita para nós, inesquecível desde o primeiro dia de serenata ao último som do estrondo do partir das barracas no parque da canção.


Na tua opinião, a latada é uma mais-valia?
- Sem qualquer dúvida, tanto a latada como a Queima das Fitas são das melhores alturas do ano. É o momento dos estudantes, somos muitos felizes nestas alturas e, por isso, é que se sente tanta nostalgia quando acaba.

O que mudarias no conceito de latada?
- Nada, para mim está muito bom assim. De certo modo, até concordo em parte terem reduzido os dias de latada, pois queima e latada são conceitos distintos.


Falta apenas um ano para acabar o curso, como irás ver a tua vida de estudante daqui a um ano?
- Com grande tristeza, nem vou ficar em mim quando sentir que tudo já acabou. Só quem vive isto ao máximo é que sabe o que custa deixar isto tudo para trás. Sei que poderei dizer “aqui fui feliz”.


És feliz como universitária de Coimbra?
- Muito, não trocaria o encanto desta cidade por outra. Ser universitário é mesmo muito bom, é a melhor época das nossas vidas. Nunca irei esquecer o que é ser estudante e tudo o que é Coimbra.

Andrea Henriques - 2013112

1 comentário:

  1. "A Universidade de Coimbra é uma universidade localizada na cidade de Coimbra, em Portugal. É uma das universidades ainda em operação mais antigas do mundo e a mais antiga de Portugal.
    A sua história remonta ao século seguinte ao da própria fundação da nação portuguesa, dado que foi criada em 1290, mais especificamente a 1 de Março, quando o Rei D. Dinis I assinou em Leiria o documento Scientiae thesaurus mirabilis, o qual criou a própria universidade, que foi intermediada e foi confirmada pelo Papa."
    Está um erro crasso no texto.

    ResponderEliminar