domingo, 12 de outubro de 2014

Um caloiro da ESEC


Um caloiro da ESEC

Esta entrevista teve como objetivo dar a conhecer um pouco do que é a vida de caloiro na Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC). O que é ser caloiro na ESEC? O que é ser caloiro em Coimbra? Como é chegar a Coimbra completamente à deriva?
Temos em entrevista Jonny Xavier, de 17 aos, vindo de Lamego, Viseu.


M- Porquê o curso de Comunicação Social e qual foi o teu percurso até chegares lá?
J- O percurso até aqui chegar é simples, completei o ensino secundário em Línguas e Humanidades em Lamego e, depois de não conseguir o sonho de ser jogador de futebol, a Comunicação Social foi uma opção óbvia. Sempre gostei de televisão e da ideia de aparecer e apresentar o meu próprio programa. Também gostava de fazer jornalismo desportivo, para poder conciliar as duas coisas que gosto.

M- Para jovens que iniciam a universidade, a vida passa por muitas mudanças. A adaptação foi fácil?
J- No início senti-me reticente, pois vim de um meio muito pequeno em comparação com Coimbra. Estava habituado a ter a ajuda dos meus pais para tudo e tive que me tornar “independente”. Além disso, as praxes ajudaram muito, na medida em que desde o inicio conversamos com colegas caloiros e “doutores” que nos põem mais à vontade.

M- Como consideras a praxe da ESEC? Achas que a praxe cumpre o objetivo de integração?
J- Sim, sem dúvida que a praxe ajuda imenso na integração, se não a esta hora não tinha começado a conversar com várias pessoas com quem agora falo. Em relação à praxe da ESEC, é uma praxe muito simples, muito divertida e não tem maldade nenhuma. Em comparação com histórias que já ouvi de praxes de outras universidades ou escolas, a praxe da ESEC é das melhores praxes que podemos viver.

M- Ainda estás no inicio do teu ano de caloiro, mas até agora, qual foi a melhor praxe que tiveste?
J- A melhor praxe foi sem dúvida a praxe em que viemos de pijama e almofada e a praxe do jogo do gato e do rato, no qual o rato foge do gato no meio dos colegas. 


Por: Micaela Falcão

Sem comentários:

Enviar um comentário