sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Crónica: Vai uma “stickada”?


Quem viu bandeiras de Portugal penduradas nas janelas, amontoados de gente em praças, buzinas de carros e toda a euforia desportiva o mês passado? Quem viu polícia de choque pronta a intervir em caso de desacatos após discussões efusivas relativamente a um penalti ou falta? Quem viu ecrãs gigantes, barraquinhas a vender t-shirts, bandeiras e chapéus de Portugal?Quem viu os canais televisivos a mudarem a sua programação e os jornais e revistas a darem destaque à Selecção Portuguesa de Hóquei em Patins? Eu não! Mas Portugal ficou em terceiro lugar no Campeonato do Mundo em Hóquei em Patins, e é já a 37ª medalha que traz para casa.
            O Campeonato realizou-se em San Juan, Argentina, em Setembro e tendo em conta que ficámos em terceiro lugar, e os títulos que Portugal já conquistou nesta modalidade, seria de esperar um pouco mais de mediatismo e entusiasmo.

Prateleira cheia
            Durante muito tempo o Hóquei foi a segunda modalidade mais popular em Portugal, fazendo jus às capacidades e feitos dos portugueses. Desde 1936, o primeiro Campeonato do Mundo de Hóquei em Patins, Portugal já ganhou 15 medalhas de ouro, 10 de prata e 12 de bronze, o que perfaz 37 títulos num total de 40 campeonatos. Para embelezar ainda mais a prateleira de troféus, somos a Selecção europeia com mais medalhas no Campeonato Europeu da modalidade.
A lenda António Livramento
            Na década de 60 surgiu o hoquista António Livramento, crucial no desempenho de Portugal nos campeonatos europeus e mundiais, levava o público ao delírio com a sua perícia e tornou-se no melhor jogador de hóquei do mundo de todos os tempos, marcando 425 golos em 209 jogos.

Um passo a caminho do mediatismo?
           Somam-se vitórias ao longo dos anos, no entanto mediatismo, popularidade e público são cada vez menos. Se há uns anos os jogos eram transmitidos pela RTP1, houve um longo período em que não eram difundidos em nenhum canal generalista de acesso não condicionado. No entanto, esta semana foi anunciado por Fernando Elias Claro, presidente da Federação Portuguesa de Patinagem, que as transmissões televisivas de Hóquei em Patins voltariam a ser feitas em canal aberto, na RTP2, a partir do início de época. Esperemos que não seja um passo isolado a caminho do reconhecimento merecido.
            Falamos em patriotismo e em valorizar o que é nosso, ficamos felizes quando somos falados lá fora e cada vez se fala mais em desporto e actividade física porque é importante, faz bem ao desenvolvimento psicomotor e mantém-nos saudáveis. Temos uma modalidade em que somos bons e já demos provas disso e em vez de a aclamarmos deixamo-la definhar. Há que dar uma “stickada” com força e pôr o Hóquei no lugar honroso que este merece!

Por: Catarina Rodrigues
Redacção 1

Sem comentários:

Enviar um comentário