domingo, 27 de novembro de 2011

FADO: Património Imaterial da Humanidade




Um orgulho nacional: hoje, uma das maiores formas de arte de Portugal, foi considerado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO: o Fado.

O VI Comité Intergovernamental da UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, reuniu-se na ilha indonésia de Bali para declarar o Fado como vencedor deste ano.



A directora do Museu de Fado, Sara Pereira, disse hoje aos jornalistas que recebeu a notícia com muita satisfação. “Estamos muito felizes e com imensa vontade de partilhar essa alegria com todos os que trabalharam nesta candidatura, com todos os que constroem o fado, com todos os nossos artistas, todos os nossos parceiros, as instituições envolvidas, os investigadores, a equipa do Museu do Fado. É uma alegria muito grande”, disse Sara Pereira.

Relembramos que os que concorriam na mesma corrida para Património Imaterial da Humanidade eram: a Peregrinação do Senhor de Qoylluriti dos Andes; a dança silenciosa da Dalmácia, tradição na Croácia; a Cavalgada de Reis, um ritual da República Checa; o famoso Mariachi, do México; A sabedoria dos jaguares de Yurupari, uma lenda da Colômbia e os Duelos de Poesia do Chipre.


Amália Rodrigues




Vídeo de apresentação da candidatura do FADO 



Vanessa Sofia. R2



Sem comentários:

Enviar um comentário