sábado, 10 de novembro de 2012

António Zambujo encanta Coimbra

António Zambujo actuou no Auditório do Conservatório de Música de Coimbra no passado dia 1 de Novembro. Com lotação esgotada, António Zambujo proporcionou um espectáculo memorável que tocou toda a plateia.
Apenas com uma guitarra, António Zambujo conquistou a audiência num espectáculo que durou cerca de uma hora e um quarto. Este pretendia, como o próprio referiu, que “todo o público saísse feliz no final do concerto”, o que foi visivelmente conseguido com os vários sorrisos e suspiros que o público expressou ao longo do concerto.
Inserido na apresentação do último álbum lançado, “Quinto”, António Zambujo apresentou um repertório variado onde os sons tradicionais portugueses se misturaram com os acordes da música brasileira. De “Algo Estranho Acontece” a ”Flagrante”, músicas do seu último álbum e passando por temas de trabalhos anteriores, ainda houve espaço para se ouvir temas de vários artistas brasileiros como “Lábios que beijei” de Orlando Silva, e vários temas conhecidos da cultura portuguesa, como “Chamateia” e “Nem Às paredes confesso”.
Ainda relembrou a última vez que actuou em Coimbra, onde na altura assistiram cerca de 10 pessoas no “Salão Brazil”, mostrando-se assim lisonjeado por ver “uma sala tão maravilhosa totalmente esgotada”. Fortemente aplaudido no final do concerto, António Zambujo reforçou a vontade de regressar num futuro próximo a Coimbra.
O concerto estava inserido na iniciativa “ Quintas do Conservatório” da Associação dos Amigos do Conservatório de Música, que se revelou um grande sucesso por parte da comissão organizadora que agradeceu a todo o vasto auditório pela adesão.

António Zambujo durante a actuação em Coimbra (http://www.culturartemag.com/wp-content/uploads/EasyRotatorStorage/user-content/erc_22_1351837813/com)
 

por: João Rodrigues e Eduardo Carvalho
*Este artigo não está escrito o abrigo do novo Acordo Ortográfico 

Sem comentários:

Enviar um comentário